A criança e a televisão

A televisão traz para dentro das casas, informações cultura e lazer. Não se sabe com certeza em que a televisão ajuda e em que prejudica o desenvolvimento da criança.
O que se sabe é que a criança não deve passar a maior parte do tempo vendo televisão, porque isso impede que participe de outras atividades e brincadeiras, e expõe a criança em programas não recomendados para a sua idade, e isso deve ser sempre revisto pelos pais.
O tempo passado frente à televisão é subtraído de muitas atividades importantes, tais como a leitura, os trabalhos de escola, os jogos, a interação com a família e o desenvolvimento social.
A família deve conversar com a criança e orienta-la sobre o que ver na televisão, pois é a responsável por acompanhar o que a criança pode assistir. É muito importante que a família assista aos programas junto com a criança e converse com ela sobre o que viram. Pois os valores expostos pela televisão não podem anular ou substituir aquilo que as famílias acreditam e praticam.
Por isso os pais devem estar sempre atentos em relação aos filhos, pois uma criança que passa a maior parte do tempo em frente à televisão tem vários riscos de se tornarem obesas e terem uma vida sedentária, que são prejudiciais à saúde da criança. É função dos pais e dos professores usarem a televisão para mostrar para as crianças quais as opções de escolha são corretas e quais são erradas entre tantas veiculadas na tv.
 A leitura crítica, como uma forma de questionamento sobre aquilo que está sendo informado pela televisão, é importante e necessária. A criança discute consigo mesma ao ver TV do mesmo modo que fala consigo mesma ao brincar. Esse discurso egocêntrico infantil é o seu modo de dialogar quando vê televisão. Já é hora desse diálogo ser feito em casa, na escola e em sala de aula.

Postagens mais visitadas