Whitney Houston

WASHINGTON – A cantora Whitney Houston, que morreu no sábado, 11/02, num quarto de hotel em Bervely Hills, em Los Angeles, aos 48 anos, foi encontrada por sua cabeleireira com a cabeça embaixo d’água na banheira, e por isso uma das suspeitas é de que ela adormeceu devido ao uso de calmantes, informou neste domingo o site TMZ.
Segundo fontes ligadas à artista, Whitney era consumidora habitual de Xanax, remédio que tomava para controlar a ansiedade antes de comparecer a festas como a que iria na noite de sábado. Além disso, a cantora teria bebido muito na sexta-feira.
O site TMZ, especializado na vida dos famosos, que em 2009 anunciou a morte de Michael Jackson, supõe que a combinação de Xanax e os efeitos de uma bebedeira poderiam ter deixado Whitney inconsciente quando estava tomando banho.
Os funcionários que acompanhavam Whitney começaram a se preocupar quando perceberam que ela já estava há mais de uma hora tomando banho e que precisava se preparar para a festa. Sua cabeleireira subiu ao seu quarto para ver o que estava acontecendo e a encontrou com a cabeça embaixo d’água e as pernas de fora, como se tivesse deslizado.

Postagens mais visitadas